sábado, 29 de janeiro de 2011

Hipócritas

Pessoas ignorantes merecem o lugar que ocupam.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Palavras

Dizer "Eu Te Amo" é tão fácil, quando na verdade eu preciso que me provem.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Resumo do FDS

Enquanto do outro lado da cidade tava rolando o Cabo Folixo (o nome real é cabo folia), eu e meus amigos fomos dar uma volta no "famoso" malibu.Como de praxe, encontramos velhos amigos e tudo.Fomos lanchar e voltamos pro mesmo local, encontramos uma conhecida de Daniel, falamos com ela e fomos andar.Quando estávamos indo pra casa, novamente encontramos essa menina e ela nos leva até uma tenda gay,sei lá que merda era aquela.Só sei que era uma "FESTA ESTRANHA COM GENTE ESQUISITA".Puta que Pariu aquilo é a coisa mais nojenta do mundo (não que eu tenha nojo de pessoas que fizeram esse tipo de escolha, muito pelo contrário."EU TENHO AMIGO GAY").Mas o ato em si, eu particularmente não acho legal de ver.Guris de 17/18 anos se agarrando, meninas se beijando e pá.O mais horrivel de tudo foi ver dois caras se agarrando e uma menina chegando por tras do pescoço de um e dar um chupão...Acreditem, eu quase vomitei.Fiquei o máximo que pude ali, no máximo 10 minutos, e detalhe, estávamos do lado de fora da parada.
Quando chegamos até a casa do mudo,fui dormir,pois no dia seguinte eu teria de acordar cedo.
Era sete da manhã quando o celular desperta, levantei era 07:26,um minuto depois mudo me joga um benjamim e diz que já é 07:30 (que forma boa de ser acordado, nao?).Me arrumei e vim pro ponto (afinal era 07:30 e eu ainda tinha de ir em casa me arrumar pra vir trampar as 10).
Chegando em casa coloco a pá do meu cel novinho no pc, e do nada a merda da pau.Eu fikei muito puto, mas amanha vou lá trocar...
Por fim, esse foi meu fim de semana, "SEMPRE MAIS DO MESMO".Pelo menos eu estreiei minha camisa do AE...pena que as fotos tiradas foram embora junto do pau que o cel deu.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Eu chorei

É tão estranho saber que ontem foi aniversário dela, e ela não estava aqui pra eu poder abraça-la como nos anos anteriores.
Me dá uma saudade imensa.Acho que de todos, eu sou o que sinto mais falta da minha querida vó.Logico, que meu avô, meu pai, meus tios e todos os familiares sofreram com a perda.Mas acredito que até hoje, se alguém realmente sente uma dor tamanha pela ausencia dela esse alguém sou eu e meu avô.
Não achei que seria tão difícil aceitar a conviver com essa dor que já vai pra um ano.Mas não dá pra entender que aquela pessoa que é tua segunda mãe se foi.
Eu sei que hoje ela está num lugar melhor do que nós, e que está perto de Deus.Porém ainda dói lembrar.
Tem dias que eu sonho que ela ainda está viva.Se eu num tivesse visto aquela cena horrível, eu não acreditaria até hoje...
O que me conforta é saber que um dia nos encontraremos novamente e que ela está protegiada por Deus e seus anjos.

sábado, 15 de janeiro de 2011

"Jeremias, eu sou homem, coisa que voce não é.E não atiro pelas costas não"

É estranho como as coisas acontecem assim tão derrepente.Estou eu fazendo meu trabalho, quando vejo uma cliente vendo um video de "Faroeste Caboclo".Como bom Legionário que sou, coloquei a música aqui no meu pc para ouvir e chamar a atenção da guria.Ela vem até mim, e começamos a trocar figurinhas.
Moradora de Brasília como é, Beatriz disse que estuda em frente ao Espaço Cultural Renato Russo, e que o próprio Espaço foi construído no dia 13 de novembro de 1993,dia de seu nascimento.
O mais impressionante foi saber que o pai dela conhece "O Jeremias maconheiro, sem vergonha".O próprio que o Renato cita na música.
Lá em Brasília ele tem um bar chamado "batatas..." alguma coisa que não me recordo o nome...
É impressionante o poder que a Legião tem de unir pessoas, não só por uma vez, mas pra vida.Tenho a impressão que nossa amizade ficará selada pra sempre.

domingo, 2 de janeiro de 2011

Reveillon

A ultima noite de 2010 foi marcada por coisas...estranhas.Uma multidão de branco e eu lá com minha pequena, eu de camisa preta escrita "Pela Paz" e ela de camisa preta.
Onze e Meia encontramos a gurizada...daí a festa começou.Tomei uns goles de champagne.
Não lembro exatamente o horário, mas sei que antes da meia noite tava eu e mais uma multidão cantando "Deixa a vida me levar, vida leva eu"...descemos pra areia, as 23:59:30 começa a contagem regressiva...30 segundos depois o novo ano se inicia,os fogos no céu,eu beijo minha namorada, abraço meus amigos, tomo banho de champagne.
As meia noite e pouca do dia 1º de janeiro de 2011, eu me encontro sem camisa cantando e dançando axé...tenso, mas divertido.Trocando a letra de "natirruts reggae power chegou" por "red hot chilli peppers chegou"...O resto da zuação eu deixo por conta da imaginação de voces...
É, minha primeira noite do ano não poderia ter sido melhor.